segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Diário de um Turista em Fortaleza – Parte 1

Alguns meses atrás, publiquei uma série de artigos com o título “diário de um turista” relatando uma viagem que fiz a Natal para conhecer os pontos turísticos da cidade. Desta vez vou repetir a dose de forma mais moderada, ou melhor, escrevendo menos texto, sobre uma recente viagem que fiz à Fortaleza, capital do Ceará.

Quarta-Feira, 05 de Novembro

8:00h - Saída da Rodoviária de Mossoró.

A estrada está péssima, buraqueira infinita. Mais de 5 horas de viagem para chegar ao destino.

13:00h – Desembarque na Rodoviária de Fortaleza.

Eu pensei que por ser uma cidade maior que Natal, a rodoviária fosse mais organizada. Eu achei muito estranha a arquitetura, quem sabe com mais algumas visitas eu me acostumo. Logo fui abordado por um taxista que levou a bagagem até o carro e seguiu em direção ao local de hospedagem.

13:30h – Chegada à POUSADA NOSSA CASA.

Não sabe onde ficar em Fortaleza, então hospede-se neste lugar que é EXCELENTE! Muito confortável, atendimento de primeira, perto de tudo e principalmente um precinho camarada. Fiz a reserva pelo site deles www.pousadanossacasa.tur.br, que é bem interativo, inclusive com uma animação explicando como chegar até lá, indicação de pontos turísticos e muitas fotos.

Fui muito bem recebido e fiquei num quarto com cama Box e colchão de mola (minha coluna agradece!). Realmente foi como estar em casa! O quarto tem AR, FRIGOBAR, DUCHA QUENTE, WI-FI e TV. As únicas coisas que faltaram foram: mais canais na TV (só estava pegando a Globo, se bem que praticamente não liguei a TV) e uma garagem maior (só tem espaço para 3 carros e o veículo do proprietário da pousada fica guardado lá).

Bem próximo tem supermercado, padaria, restaurantes, terminal de ônibus onde você pega condução para qualquer lugar da cidade, e numa breve caminhada chega à Av. Beira Mar.

Abaixo algumas fotos da decoração da “área comum”.







14:30h – Almoço no Arre Égua

Pense num restaurante arretado! O Arre Égua (www.arreegua.com.br) lembra muito o Mangai de Natal. É voltado pra a culinária nordestina. A variedade de pratos é grande, você fica doidinho querendo botar um pouco de cada coisa. A comida é muito boa e o preço acessível, R$ 24,90 o quilo de segunda a quinta e R$ 29,90 nos demais dias. Almocei lá duas vezes com minha esposa e a conta não passou de R$ 30,00. ALTAMENTE RECOMENDADO.

O mais interessante é a ornamentação. O camarada criou praticamente uma cidade do interior dentro do restaurante com prefeitura, igreja, casa paroquial, bodega, bar, mercado, barbearia, clube e até uma CASA DA LUZ VERMELHA. Tem também um museu com utensílios antigos como ferro de engomar, descascador de laranja, rádios, etc. E o som ambiente toca continuamente Luiz Gonzaga e outros ótimos sanfoneiros.
Ia me esquecendo de falar! A noite tem forró cearense pra você se acabar!

Algumas fotos do local:







16:00h – Shopping Iguatemi

Bom, shopping é shopping em qualquer lugar. Aqui destaque para a SARAIVA MEGASTORE, com prateleiras gigantescas, um café dentro da loja e leitura livre. As diversas salas de cinema apresentam praticamente todos os lançamentos do circuito nacional. Havia também um rinque de patinação no gelo. Outra loja que me chamou atenção foi a BANCA DE CAMISETAS que expõe suas camisetas como se fossem revistas.

O site do shopping: www.iguatemifortaleza.com.br

E algumas fotos:








Aproveitei para assistir ao filme “DISTRITO 9”. O filme é bem feito, com muitos efeitos visuais, a história é interessante, aborda temas sociais como racismo, preconceito, tráfico, etc. Infelizmente peca pelo excesso de palavrões e violência extrema que deixa Rambo 4 paracendo o programa dos Teletubies.



Mais informações sobre o filme em:

www.adorocinema.com/filmes/distrito-9

Antes de sair ainda comi um sanduíche no SUBWAY, fast food que eu ainda não tinha experimentado. Gostei muito da idéia de montar seu próprio sanduíche. São 4 tipos de pão, diversos recheios, queijos, molhos e verduras. O melhor é que você pode escolher o tamanho da sua fome: 15 ou 30 centímetros. E o preço não é tão grande assim: R$ 6,45. Mais barato e mais gostoso que o Big Mac.



Comprei também os passaportes para o Beach Park. Mas isso vai ser contado em breve no post Diário de um turista em Fortaleza – Parte 2.

3 comentários:

Leandro Neanderthal disse...

Pode crer que já guardei o nome e telefones da pousada. E o site ja está nos meus favoritos. Espero q dê certo minha viagem a fortaleza...

George Harrison disse...

Também estou pensando em fazer esse mesmo passeio.
Já estou aguardando a parte 2, pois quero saber suas impressões sobre o Beach Park.

GRANDE CEARÁ-MIRIM disse...

Olá, Barão!
Esta foi sua segunda visita ao Shopping Iguatemi/Fortaleza. Quando vc completou um ano de idade, sua mãe e eu, em vez de fazer festinha, resolvemos passear com vc em Fortaleza, e o Iguatemi havia sido inaugurado há pouco tempo. Pena que nem câmera fotográfica tínhamos na época. Mas lembro, dentre outras coisas, do seu medo quando o colocamos num helicóptero mecânico que havia no shopping. Creio que já te contei isso.
Parabéns pelo ótimo passeio.
Bj
Painho